Cassio retorna ao Brasil com sua medalha no peito

Na manhã de hoje, retornou à São Paulo o atleta Cassio Oliveira, primeiro medalhista brasileiro em um Campeonato Mundial de Boxe Cadete. O boxeador sergipano de apenas 16 anos foi o único representante do País no maior torneio desta categoria de base em todo mundo e, demonstrando a atual força do Boxe Brasileiro, não decepcionou.

Foram três vitórias magníficas do brasileiro até as semifinal disputada contra o russo Ilya Kulikov que, após derrotar Cassio, sagrou-se campeão mundial. O combate entre Kulikov e Cassio foi muito disputado e, apesar da vitória por unanimidade do russo, a combatividade do sergipano foi louvada pelo público. Assim, Cassio ficou com a terceira colocação no mundial e trouxe para casa a sua medalha de bronze.

Com esta medalha, o Brasil agora tem, no mínimo, uma medalha em todos os 13 torneios internacionais disputados em 2013, até o momento. E, além de tudo, com o ouro conseguido no Mundial Juvenil em 2010, e um ouro e um bronze no Mundial Elite de 2011, o Boxe Brasileiro agora subiu no pódio em todos os mundiais masculinos existentes.

Não somente o resultado adquirido por Cassio mas, principalmente, a sua maneira destemida de lutar neste torneio deu grande orgulho ao Boxe nacional. A Confederação Brasileira de Boxe acredita no talento de todos os seus atletas e, sem sombra de dúvida, este é mais um exemplo do trabalho sério e do comprometimento da entidade. A CBBoxe exalta o boxe apresentado por Cassio e, agora, vamos rumo ao Mundial Elite, em Outubro.