Brasil não consegue a vaga contra a Índia

Foi mais um daqueles dias em que, na dúvida, o adversário saiu vencedor. Carlos Rafael Silva lutou hoje por uma vaga nos Jogos Olímpicos da Juventude mas, infelizmente, a vaga não se confirmou.

Após ser eliminado do Campeonato Mundial Juvenil, realizado na Bulgária, Carlos Rafael e os demais derrotados na categoria 52Kg foram qualificados para um "Box-off", onde os vencedores dentre duas lutas extras, se somariam aos 4 vitoriosos das quartas-de-finais e totalizariam os 6 classificados da categoria para Nanjing 2014.

O brasileiro teria, então, que derrotar o indiano Gaurav Solanki para ter o seu passaporte carimbado para a China. Porém, a tarefa seria árdua. O oponente indiano, talvez um pouco menos técnico do que o brasileiro, sabia que teria que forçar o combate intenso para sair vitorioso e, por mais que Carlos Rafael tentasse, foi extremamente difícil manter a distância desejada.

Após os três rounds de combate, ninguém presente no ginásio apostaria em um vencedor. Foi uma luta muito difícil de ser julgada. Obviamente, coube aos 3 juízes selecionados o dever de apontarem um vencedor e, mesmo assim, não houve unanimidade. Um juiz viu o combate a favor do brasileiro, mas os outros dois deu pouca vantagem ao indiano, o que bastou para declará-lo vitorioso na luta.

O Brasil terminou, assim, a sua participação na capital búlgara, sem classificação direta para os Jogos Olímpicos da Juventude.