Brasil segue adiante no Strandja Tournament

O Brasil segue no tradicional Strandja Tournament, realizado na Bulgária, com três atletas que lutarão pela classificação nas semifinais e a garantia de pelo menos uma medalha de Bronze na competição.

Tivemos lutas difíceis nesta quarta-feira. Roberto Custódio (69kg) não superou o chinês Qiong Maimaitituersun, perdendo seu combate por 3:0. Michel Borges (81kg) também acabou vencido pelo uzbeque Elshod Razulov por 3:0. Clélia Costa fez um bom combate, mas viu a sua adversária, Mubarak Kamalova, do Uzbequistão, ter o braço erguido ao final do combate. Kamalova venceu por decisão dividida (2:1).

Mas nós não desistimos. Joedison de Jesus (64kg) fez um grande combate contra o chinês Liu Xiaoshuai o vencendo por decisão unânime (3:0). Myke Carvalho (75kg) teve uma luta disputada, mas soube impor o seu ritmo para vencer o inglês Daniel Woledge por 2:1.

O Boxe feminino também brilhou com Taynna Cardoso (60kg), que venceu Aliya Abraimova, do Cazaquistão, em outra excelente luta. Taynna não deu chances para a sua adversária e venceu por 3:0.

Quem vencer o seu próximo combate se classifica para as semifinais do Strandja Tournament e garante ao menos uma medalha de Bronze. Nesta quinta-feira, Taynna vai encarar a atleta da casa Denitsa Eliseeva. O nosso Joedison (foto) vai lutar contra Lorenzo Sotomayor, do Azerbaijão. Myke Carvalho vai enfrentar Rustam Svayev, do Cazaquistão.

De acordo com o site da Associação Internacional de Boxe Amador – AIBA, o Strandja Tournament, que está em sua 65ª edição, reúne os melhores pugilistas olímpicos do mundo e pode ser considerado um “mini campeonato mundial”. Ao todo, 250 boxeadores de 37 países estão inscritos na competição