Beatriz Ferreira luta com maestria e conquista o Ouro na Sérvia

Quando o sonho olímpico permanece vivo, as forças são renovadas. A velocidade e técnica da polonesa Aneta Rygielska não intimidaram a nossa Beatriz Ferreira na final da categoria leve (60kg) do 55th Belgrado Winner, realizado na Sérvia. Aneta é a quarta melhor do mundo uma categoria abaixo (57kg). Ela buscava se destacar entre as atletas da categoria leve.

Rygielska só não imaginava que seria completamente anulada em cima do ringue por uma brasileira até então desconhecia na Europa.  Bia dominou o combate contra a experiente polonesa com maestria. A brasileira venceu de forma tranquila e convincente. Os cinco árbitros da luta pontuaram ao seu favor. A polonesa não teve como reagir.

Beatriz Ferreira conquistou a medalha de Ouro da categoria leve (60kg) e escreveu o seu nome na história de um dos mais tradicionais e disputados torneios da Europa, que está em sua 55ª edição.

A medalha de Ouro de Bia Ferreira se somou às quatro medalhas de Bronze conquistadas pelo Boxe do Brasil na Sérvia. Considerando que esta é a primeira competição internacional deste ciclo olímpico, este pode ser considerado um excelente resultado para o Boxe do Brasil.

O 55th Belgrado Winner é uma das etapas preparatórias para o Campeonato Continental masculino e feminino que será realizando em Honduras, no mês de julho. O Continental masculino será classificatório para a mais importante competição de 2017, o Campeonato Mundial Open Boxe de Hamburgo, na Alemanha, previsto para acontecer ao final do mês de agosto.

A próxima competição internacional do Boxe do Brasil será o tradicional Cheo Aponte, disputado anualmente em Porto Rico. A seleção masculina de Boxe já deve embarcar no próximo final de semana.

Bia

A jovem boxeadora brasileira Beatriz Ferreira foi convocada pela CBBoxe para representar o Brasil em uma das mais tradicionais competições europeias. Foi a primeira vez que Bia, que vive na cidade mineira de Juiz de Fora, saiu do Brasil para lutar Boxe. Dessa vez a Europa conheceu um pouco da sua explosão, força e determinação em cima do ringue. As atletas do resto do mundo que se preparem, por que como ela mesma disse: “meu foco está em Tóquio 2020”.

Medalhas

Beatriz Ferreira (60kg) – Ouro

Graziele de Jesus (51kg) – Bronze

Joedison Teixeira (64kg) – Bronze

Jhonatan Soares (69kg) – Bronze

Juan Nogueira (91kg) – Bronze

55th Belgrado Winner

Participaram do 55th Belgrado Winner um total de 113 atletas de 16 países. Rússia, Cazaquistão, Alemanha, Áustria e Hungria são algumas das nações que enviaram atletas para esta tradicional competição europeia, com mais de cinco décadas de história. O Brasil é o único país das Américas presente da Sérvia.