II Base Nacional de Treinamento se encerra em São Paulo

Se encerrou na última sexta-feira a II Base Nacional de Treinamento que levou até o Centro de Treinamento da CBBoxe um total de 16 atletas das categorias feminina e masculina de várias regiões do país, todos eles nascidos entre os anos de 2000 e 2001.

Para marcar o encerramento deste importante trabalho em prol do desenvolvimento da base do Boxe do Brasil, foi realizado um sparring aberto que levou até Centro de Treinamento da CBBoxe mais de 70 pessoas entre treinadores e atletas convidados de várias academias da cidade de São Paulo.

Na oportunidade, a CBBoxe convidou alguns dos seus árbitros para atuarem durante os sparrings. Enquanto os atletas eram avaliados e orientados pela comissão técnica da CBBoxe, os árbitros e juízes também foram observados por Mauro Silva, instrutor de árbitros e juízes da Associação Internacional de Boxe – AIBA. A ideia é preparar o nosso corpo de arbitragem para a mais importante competição de Boxe realizada no Brasil, o Campeonato Brasileiro de Boxe que será realizado em dezembro na cidade de Salvador, Bahia.

A ideia da Comissão Técnica da CBBoxe é trabalhar a favor do desenvolvimento das categorias de base do Boxe do Brasil. Além disso, em 2018 teremos dois grandes desafios: o primeiro deles será a classificatória para os Jogos Olímpicos da Juventude. O segundo serão os próprios Jogos, que acontecerão no mês de outubro na Argentina. A CBBoxe já está se preparando para montar a equipe que vai nos representar nestes desafios.

O objetivo das Bases de Treinamento é preparar os nossos atletas para as competições internacionais dos próximos anos. Inclusive, este é um trabalho voltado também para as próximas edições dos Jogos Olímpicos. A atividade é coordenada pelo treinador da Seleção Brasileira de Boxe, Mateus Alves.

Os 16 atletas convidados foram cuidadosamente selecionados pela Comissão Técnica da CBBoxe com base nos seus desempenhos nas últimas competições nacionais. A ideia é inseri-los no dia a dia da seleção olímpica de Boxe, com atendimento de toda a equipe multidisciplinar: (nutricionista, fisioterapeuta, psicólogo, médico e massoterapeuta) tudo isso aliado a um trabalho intenso de preparação física e treinamento técnico.

O atletas convidados também tiveram palestras nas áreas de nutrição, psicologia e fisioterapia. Além disso, todos eles passaram por testes físicos e controle de trabalho de força (trabalho realizado no Núcleo de Alto Rendimento Esportivo – NAR). As atividades foram lideradas

Confira algumas imagens das últimas atividades II Base Nacional de Treinamento.