Dois pódios no torneio mais disputado e tradicional da Europa

O Boxe do Brasil encerrou a sua participação no torneio mais tradicional e competitivo da Europa com duas maravilhosas medalhas. Dois dos nossos atletas mostraram que o Brasil continua impondo respeito às potências do Boxe mundial.

Na final feminina da categoria leve (60kg), Beatriz Ferreira encarou uma luta difícil, onde a finlandesa Mira Potkonen se utilizou de sua larga experiência para manter a tranquilidade e neutralizar as investidas de Bia, que buscou o tempo todo acertar os seus melhores golpes. Ao final da luta, a finlandesa teve o seu braço erguido após o resultado de 4:1 ao seu favor. Com isso, Beatriz conquistou uma importantíssima medalha de Prata.

Essa foi a primeira vez que Beatriz realizou quatro lutas seguidas em uma mesma competição. No 69º Strandja Tournament, ela enfrentou uma experiente atleta, que além de medalhista olímpica, já subiu no pódio do campeonato europeu. Foi um grande resultado para uma atleta que está dando os seus primeiros passos entre as maiores potências do Boxe mundial.

Com apenas 26 lutas no currículo, Beatriz Ferreira conquistou medalhas em todas as competições internacionais em que participou. Somente em 2017 foram três Ouros e um Bronze conquistados fora do Brasil.

Com uma excepcional campanha, Abner Teixeira (91kg) conquistou uma honrosa medalha de Bronze na Bulgária. Ele enfrentou grandes adversários, com direito a silenciar a arquibancada ao vencer um atleta da casa e receber aplausos como forma de reconhecimento da torcida rival após sua vitória.

Foi uma experiência valiosa para todos os nossos atletas, principalmente para as nossas representantes do Boxe feminino, já que neste ano teremos o Campeonato mundial de Boxe Feminino que será realizado em novembro, na Índia.

A CBBoxe dá os parabéns a toda a equipe brasileira que esteve na Bulgária se empenhando ao máximo para representar as cores da nossa bandeira. A garra dos nossos atletas é a nossa principal motivação em continuar trabalhando a favor do Boxe do Brasil.

O Strandja Tournament existe há quase 70 anos e já revelou grandes campeões. Nada menos que 259 atletas de 32 países lutaram pela chance de conquistar o Ouro na Bulgária.

Equipe que viajou para a Bulgária:

69º Strandja Tournament

51kg Graziele Sousa

60kg Beatriz Ferreira

60kg Wanderson Oliveira

64kg Luiz Fernando da Silva

69kg Arisson Tavares

75kg Hebert Conceição

81kg Cleverton Lucas

91kg Abner Teixeira

Treinadores: Mateus Alves e Wellington Lisboa (Técnico convidado do RJ)